+ de 1.280.495
fãs no facebook
banner animado 04 lanc amento co pia

Moda Infantil

OFERTA EXCLUSIVA

LIQUIDA

MAIS DESEJADOS

MARCAS MAIS VENDIDAS

APROVEITE TAMBÉM

Moda Infantil: Um Guia Absolutamente Completo

Aprender, brincar, correr e se divertir só é possível quando se conta com o melhor que a moda infantil pode oferecer. Roupas de qualidade são fundamentais para garantir todos os benefícios como conforto e proteção, e sacrificá-lo quase nunca é uma boa opção.

São as roupas que protegem a pele sensível do bebê e da criança contra a exposição térmica. São elas também quem oferecem conforto à pele, podendo causar irritações e dermatites de contato quando confeccionadas sem qualquer preocupação com o bem-estar infantil.

Além disso, projetos assim normalmente não oferecem bons caimentos ou cortes precisos, afetando o comportamento da peça sobre o corpo e, consequentemente, os movimentos da criança, que pode causar desde irritações a assaduras.

Assegurar uma melhor qualidade de vida aos nossos filhos é algo que depende somente da gente. Pensar exclusivamente no bolso poderá levá-lo a vivenciar esse tipo de experiência, enquanto que o certo é avaliar a peça e seus pormenores no intuito de garantir que se trata de um modelo criado pensando nas necessidades da criança.

Como comprar Moda Infantil?

Escolher roupas pela internet pode parecer complicado quando se está acostumada a usar o tato como principal ferramenta de avaliação. Mas muito mais importante que sentir a peça é saber observá-la. Isso significa que por meio da etiqueta conseguimos nos informar a respeito de todas suas características, identificando sua qualidade e sua eficiência no propósito atribuído.

Hoje nós vamos te introduzir ao universo da moda infantil e passar orientações importantes que facilitam, e muito, o sucesso da sua compra, para que consiga escolher qualquer modelo sem sentir mais insegurança.

1. Entendendo a necessidade

Se tratando de moda infantil é necessário entender os motivos que te trouxeram até aqui para não se perder em meio a tantas oportunidades. Pergunte-se: porque vou comprar roupas para meu filho? Trata-se de uma ocasião especial? Atualização de tamanho? Ou para reforçar as opções para a próxima estação que está por vir?

Essas informações te ajudam a filtrar melhor as peças e a ver somente aquilo que importa, ignorando as demais opções para não se confundir. Depois de selecionada a opção ideal, aí sim você deve aproveitar e adquirir modelos que mais te conquistaram a atenção.

2. Composição

É aqui que você vai entender o projeto, conhecer o toque do tecido e todas suas propriedades, afinal, moda infantil precisa ter qualidade já que à pele das crianças é mais sensível e pode sofrer as consequências da falta de cuidados.

Por isso, a dica aqui é partir para opções 100% algodão ou com pelo menos 50% dela. O algodão, além de ser uma fibra natural, é hipoalergênico e diminui a exposição da criança a irritações e reações alérgicas. Além disso, é um dos materiais que dá origem a roupas de extremo conforto, já que uma das suas características registradas é sua maciez e a suavidade.

Para os bebês, tome cuidado apenas com malhas que possam acumular resíduos e sujeiras, bem como soltar fiapos, potencializando uma possível irritação por vias aéreas. Algodão, moletons e suedines surgem como ótimas opções para os pequeninos.

Aqui na Mmoda você encontra as especificações referente à composição de cada peça dentro da sua descrição técnica. Lá estarão destrinchados os materiais utilizados e também seu percentual total.

3. Tabela de Medidas

Depois de identificar uma peça de qualidade, chega o ponto de conferir se há o tamanho disponível para a criança. Essa é a parte mais crucial de toda a compra, já que sem o tamanho correto da peça fica impossível aproveitar todos seus benefícios.

Uma opção pequena demais limita movimentos e causa sufoco, gerando irritação e o choro da criança. Já peças maiores nem sempre são um problema. Muitas vezes ela fica um pouco mais larguinha, mas dentro de poucas semanas ocorre o ajuste e, no fim das contas, a roupinha foi aproveitada por mais tempo, aumentando ainda mais o seu custo-benefício.

Para saber o tamanho certo, utilize nossa tabela de medidas, disponível na descrição de cada produto. Para chegar até elas você deverá tirar as medidas da própria criança ou de uma roupinha atual com a ajuda de uma régua ou trena. As medidas não precisam ser exatas, mas aproximadas. Com essa referência é possível ter uma noção muito mais segura do tamanho adequado a ser escolhido.

Lembre-se também que o tamanho de outras roupinhas não devem ser usados como base na escolha. Se seu filho usa 3, por exemplo, lembre-se que ele poderá ter medidas diferentes dentro de cada marca. Por isso nunca é bom utilizá-las como parâmetro de comparação, mas sim suas principais medidas em centímetros.

E, na dúvida, opte por uma peça maior do que menor, pois os riscos de ter que trocar serão menores!

4. Evitar excessos

Essa é uma dica simples, mas que muitas vezes passa batida, que é de evitar babados, botões e penduricalhos na peça. Esse tipo de apetrecho costuma irritar a criança e também pode gerar acidentes quando o assunto são crianças menores que 3 anos de idade.

A dica aqui é simplesmente evitar esse tipo de moda infantil e partir para versões mais cleans e que tenham como foco o conforto e bem-estar da criança.

Onde comprar Moda Infantil online?

Existem milhares de lojas infantis anunciando na internet. Como reconhecer as idôneas das más intencionadas para fazer uma compra segura?

Essa é a primeira pergunta a ser feita antes de comprar moda infantil online. Isso significa que devemos conhecer sobre a loja antes de realmente decidir realizar uma transação, afinal, ao invés de roupas, podemos estar comprando uma legítima dor de cabeça.

O lado bom é que também existem os sites que ajudam a prevenir de que possamos ser as próximas estatísticas e oferecem recursos para que seja possível identificar por conta própria a reputação de qualquer loja.

Um deles é o Reclame Aqui, um canal feito para abrir reclamações sobre as empresas e seus serviços, expondo muitas vezes o lado negro das lojas. Nele conseguimos identificar o número de reclamações e também todos os detalhes do incidente, narrado diretamente pelo cliente, assim como as respostas e justificativas das empresas.

Através das reclamações é possível identificar se existe algum padrão, ou seja, se o motivo de abertura é sempre o mesmo, como ter comprado e nunca recebido a mercadora, por exemplo.

Já as respostas, se ausentes demonstram falta de preocupação da empresa na tratativa, fazendo descaso para todas situações, o que deixa o cliente a mercê do próprio destino. Quando presentes, já é um bom sinal. Mas ligue o alerta para lojas com respostas automatizadas e mecanizadas, pois pode indicar que problemas sejam recorrentes e que é impossível dar a devida atenção para todos os casos.

São esses poucos, mas pequenos detalhes que vão te ajudar a desmistificar a reputação de uma loja e descobrir se ela é ou não digna de receber sua confiança.

Tratando-se da MModa, basta verificar no rodapé do site que você verá o selo de certificação do Ebit, provando que somos uma das maiores e melhores lojas do segmento infantil do Brasil, algo que foi conquistado através de muito trabalho e dedicação.

Já no nosso Reclame Aqui, existem sim reclamações, o que é normal para todas as lojas. O importante é ver que damos atenção especial para cada caso e optamos sempre pelo melhor caminho em todas as tratativas, sempre com muita transparência e respeito.

Para você que busca uma loja de confiança, poderá comprovar através de números que somos uma das lojas mais queridas e que realmente se preocupa com sua experiência de compra ao nosso lado, e isso diz respeito cada etapa de todo o processo.

Contamos com plataforma especializada, condições de pagamento flexíveis, variedade em produtos e preços diferenciados. Tudo isso pensando em você e no conforto e segurança de cada criança.